O pilates para gestantes é uma excelente opção para manter a mente e o corpo estimulados durante a gestação, criando uma rotina saudável para a mamãe e o bebê.

Durante a gestação, o corpo da mulher enfrenta diversas mudanças, sendo elas físicas, hormonais e emocionais.

Em relação às alterações físicas, sintomas como dor nas costas e na lombar podem ser minimizados quando a mulher se dedica à prática de pilates para gestantes, trazendo alívio e disposição para se dedicar às atividades do dia a dia.

Os exercícios do pilates ajudam no preparo da estrutura corporal da mulher em relação à sobrecarga que ocorre durante a gestação, fazendo com que o corpo se adapte à nova forma adquirida.

Além disso, o pilates para gestantes favorece o trabalho de parto, pois facilita o relaxamento e o estiramento dos músculos do assoalho pélvico, o que também contribui para a recuperação pós parto.

Outro ponto positivo é que os exercícios do pilates são prazerosos e proporcionam mais autoestima para a mulher. Os movimentos e os alongamentos ajudam a mamãe a ficar mais relaxada, aumentando a sensação de bem-estar físico e mental.

Durante as aulas de pilates, a respiração é trabalhada intensamente, o que ajuda a potencializar a capacidade respiratória. Desta forma, os níveis de ansiedade podem ser controlados diante do aprendizado da respiração voluntária e consciente, garantindo um relaxamento profundo para as mamães.

Não é apenas a mamãe que se beneficia dos exercícios do pilates, mas também o bebê que está em seu ventre. Tal fato ocorre porque os exercícios ajudam a aumentar a oxigenação do bebê, reduzindo a quantidade de cortisol concentrado na corrente sanguínea da mãe.

Ademais, o bebê acaba recebendo o hormônio endorfina através da placenta, o que contribui para deixá-lo mais relaxado e tranquilo.

Benefícios do Pilates para Gestantes:

1. Aumenta a resistência e o preparo físico
 

O ganho de peso é inevitável durante a gravidez e acaba deixando a mulher mais lenta e com menos preparo físico.

Com os exercícios realizados no pilates, há um aumento da resistência física já que há um fortalecimento de toda a musculatura de sustentação do corpo da mulher.

2. Previne dores na lombar
 

É comum as mamães sentirem dores na lombar durante a gravidez. Tal fato ocorre porque há uma mudança no centro de equilíbrio do corpo da mulher devido ao sobrepeso do bebê.

O pilates ajuda no fortalecimento dos músculos do cinturão abdominal, o que garante mais resistência e sustentação de toda essa musculatura, prevenindo dores na lombar e na região pélvica.

3. Reduz os inchaços
 

O pilates durante a gravidez ajuda a reduzir os inchaços comuns durante esse período, melhorando a circulação sanguínea e a diminuindo a retenção de líquido.

4. Previne lesões nos ligamentos
 

Os exercícios do pilates visam fortalecer principalmente a musculatura de apoio, evitando a sobrecarga dos tornozelos.

5. Melhora o sono
 

A prática de pilates ajuda na liberação de endorfina, proporcionando relaxamento, sensação de bem-estar e melhor qualidade de sono.

6. Melhora a respiração
 

Durante as aulas de pilates, as mamães praticam exercícios respiratórios que as ensinam a inspirar e expirar lenta e profundamente.

Esses exercícios aumentam a disponibilidade de oxigênio na corrente sanguínea, melhorando a oxigenação da mamãe e do bebê.

Além disso, o controle sobre a respiração é benéfica durante o trabalho de parto, uma vez que auxilia a mulher a lidar melhor com a dor e com as contrações.

7. Auxilia no trabalho de parto
 

O assoalho pélvico é um grupo de músculos extremamente trabalhado durante os exercícios de pilates para gestantes.

Algumas atividades propõem a contração do abdômen e de toda a região pélvica,

Ter essa musculatura fortalecida é essencial para que a mamãe consiga fazer a força necessária para o nascimento do bebê, torando o parto mais fácil.

Quer saber mais sobre o Pilates para Gestantes? Agende uma Aula Experimental Gratuita diretamente pelo WhatsApp: